O que é?

 

Esse é um laser do tipo NdYag 1064nm QS, não ablativo (não atinge a camada superficial da pele) que tem alta afinidade pelos pigmentos. Isso significa que ele libera a sua energia muito rapidamente e sem aquecer a pele. Ele é seguro inclusive para o tratamento de peles morenas e negras e tem aprovação do FDA para tratamento do melasma.

Como é o tratamento?

O tratamento é realizado pelo dermatologista, que irá avaliar a sua queixa e definir o número de sessões e a energia que deve ser utilizada em cada sessão. São usados óculos de proteção durante a sessão e esse laser possui uma tolerabilidade excelente, com pouca dor. Podemos associar o Syberian (resfriador) para deixar a sessão ainda mais confortável.

Para que serve?

Temos várias indicações:
– Melasma resistente, tendo inclusive aprovação do FDA e ANVISA para essa indicação
– Olheiras pigmentares – Melanoses solares (manchas de sol)
– Clareamento de axilas e virilhas escuras
– Laser Toning (melhora do viço e tônus da pele através de múltiplas sessões, sem tempo de recuperação)
– Remoção de tatuagens
– Remoção de micropigmentação

Quantas sessões?

 

Existem diferentes protocolos de tratamento. Quando tratamos melasma, olheiras ou melanoses solares, precisamos intensificar as sessões para um melhor resultado. Costumamos indicar de 6 a 8 sessões, com intervalos curtos, de 1 semana a 15 dias. Para a remoção de tatuagem, as sessões podem variar de 6 a 12, com intervalos mensais, dependendo do tipo de desenho.

Recuperação?

Para o melasma é superimportante ser um laser delicado, que vai agir no pigmento, mas não inflamar a pele, por isso a recuperação é ótima. Não há edema ou descamação, e o paciente pode apresentar apenas um eritema (vermelhidão) discreto.

Leave a comment