O que são os Protocolos para Pele Negra?

Já sabemos que cada tipo de pele requer cuidados especiais, né?! Contudo, meus pacientes frequentemente chegam ao consultório com dúvidas sobre quais os cuidados mais adequados para a pele negra. Decidi, então, vir dar algumas dicas.

A pele negra não é um tipo de pele, ela pode ser de todos os tipos, seca, oleosa, mista ou normal, mas observamos algumas características mais comuns em pessoas que têm a pele mais escura. A primeira delas é que devido à maior quantidade de melanina na pele, ela está mais protegida dos efeitos nocivos do sol, como cânceres e fotoenvelhecimento.

No entanto, justamente por conter mais melanina, ela tem mais tendência a pigmentar, apresentando manchas. Por isso, nada de abrir mão do filtro solar. Ele pode ter FPS mais baixo, de 15 a 30, mas deve ser sempre aplicado. Costumo recomendar os não-oleosos, pois a pele negra tende a ser, ao menos no rosto, mais oleosa devido a sua tendência de produzir mais secreção pelas glândulas sudoríparas.

O ideal é evitar qualquer processo inflamatório ou de irritação cutânea na pele negra para evitar a hiperpigmentação, como espinhas, manchas e processos de cicatrização. No caso de manchas já existentes, existem alguns tratamentos disponíveis, como sabonetes específicos para cada caso, vitamina C e laser fracionado.

A pele negra também é menos propensa a rugas e flacidez, visto que tem mais colágeno. Isso é ótimo! Dessa forma, só recomendamos cremes anti-idade a partir dos 40 anos, em vez de após os 25 ou 30 anos, como no caso de peles brancas. Porém, a maior concentração de colágeno também pode resultar em queloides.

Enquanto a pele do rosto tende a ser frequentemente oleosa, no corpo, em regiões como pernas, cotovelos e pés podem ficar extremamente ressecados e requerem esfoliação para remoção das células mortas. Dessa forma, evita-se aquela aparência esbranquiçada.

Caprichar na hidratação, especialmente após o banho, também é essencial. Hidratantes para peles secas recomendados pelo seu dermatologista são a melhor opção. Alguns disponíveis no mercado são apenas cheirosos e bonitos, mas não tão bons para a pele.

A esfoliação e hidratação são especialmente importantes após barbear ou depilar, tendo em vista que negras e negros têm mais tendência à foliculite. Talvez a depilação a laser seja uma boa ideia se esse for seu caso, até mesmo para evitar as manchas.

Esperamos por você

Fale Conosco

Rua Sete de Setembro, 92 salas 1601 e 1602
Centro | Rio de Janeiro - RJ
(21) 3852.4678 // (21) 2232.5778
WhatsApp: (21) 98585 3637
contato@clinicalidiagusmao.com.br

Fique por dentro!

Receba nossas novidades